Floripa Teatro 2017

Realidade Aumentada

Tecnologia e Infância.

CINCO SEMANAS EM UM BALÃO

 

Dr. Fergusson um cientista aventureiro, seu amigo Dr. Kennedy um corajoso explorador e seu fiel criado Joe, partem em uma aventura pela àfrica em busca de três tesouros perdidos. A aventura dura cinco semanas. Durante o percurso eles aprendem que nem todo tesouro do mundo é mais valioso do que uma grande amizade!

Da obra de JÚLIO VERNE

​​“O grau de elaboração já se evidencia na coreografia da primeira cena, quando um cientista (Cristiano Salomão) tenta convencer o amigo (Nino Belucci) a fazer junto com ele e seu criado (Joyce Salomão) a viagem de balão sobre o continente africano. O movimento bem marcado dos corpos, quase uma dança – que voltará em outras cenas – serve para expressar as hesitações e intenções dos personagens sem cair em clichês de caretas, unhas roídas e pernas que tremem.  

O grupo demonstra também não ter medo ainda das palavras levando ao palco diálogos que poderiam ser considerados longos ou complexos para o público-alvo.”
 

Beth Nespoli

Escrito no contexto do 31º FESTIVALE em São José dos Campos

2017

Valdir Rivaben

“A encenação conduz-nos por uma viagem da imaginação, muito próxima das leituras dos livros, onde somos transportados pela força e inventividade do espetáculo, além da intensa movimentação corporal e de ótimos momentos de pantomima que dão ao espetáculo, agilidade, ritmo e humor, contando com atores que dominam o ofício”.
 

Valdir Rivaben

XI Festival Nacional de Teatro de Limeira

2015

Antônio Chapéu

“É bonito quando podemos ver em cena uma montagem que é resultado de
pesquisa seria e competente, quando há entrega dos atores e quando
percebemos que a encenação foi realizada por um trabalho efetivamente de grupo”.


Antônio Chapéu
XI Festival Nacional de Teatro de Limeira 2015

Clara Arreguy

“Com muito gestual e expressão corporal cuidadosamente preparada, facilmente se estabelece o pacto da fantasia, que faz a jovem plateia levantar voo num balão, cruzar os céus da África, encontrar e perder tesouros, enfrentar oceanos e o deserto, com seus perigos e personagens ameaçadores. A galerinha não desgruda o olho e vai junto com  os três heróis, entre conquistas e insucessos, totalmente aderida à proposta.

Como é bom assistir ao nascer da paixão teatral no encontro entre um texto envolvente como o de Júlio Verne e uma encenação que faz do puro teatro sua força! 

Após Cinco semanas em um balão, aquela plateia infantil nunca mais será a mesma. Felizmente.”
 

Clara Arreguy

Escrito no contexto do FIT BH

2016

“A montagem é bastante estimulante como
forma de apresentar ao público a vertente da literatura chamada de steampunk, da qual Julio Verne, o autor da obra original Cinco Semanas em um Balão é seu maior representante.

Destaco o tubarão que entra em cena, totalmente steampunk, conforme me explicou seu criador, Cristiano Salomão. Também adoro a cena da tempestade de areia, muito bem feita, estimulando a imaginação mais do que o realismo.

E a iluminação é linda quando o balão alça voo. Perpassando toda essa preocupação em ser fiel a Julio Verne, há na peça um delicioso humor ingênuo, sobretudo graças ao personagem do criado, feito com muito talento por Joyce Salomão, também diretora e adaptadora do texto. Por exemplo, quando o cientista diz que quer um calmante, o criado bate com força em sua cabeça humor de palhaçaria, de picadeiro.

Adorei rever e aplaudir a Sabre de Luz. 

Dib Carneiro Neto

Festival em Janeiro teatro para criança é o maior barato!

2018

Dib Carneiro Neto

Beth Nespoli

Cinco_Semanas_em_um_Balão___-_Música_na_

10 Melhores espetáculos FIT BH

  • Sabre de Luz Teatro
  • Instagram
  • Facebook